Wordpress.png

 

O WordPress é um sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS – em inglês, Content Management System). Com ele é possível criar, editar e administrar todos os conteúdos de um website. Logo, é possível administrar textos, fotos, documentos, downloads, permitindo a construção de um site ou um portal completo, contendo vários templates, sem necessidade de ter profundo conhecimento técnico a respeito de desenvolvimento de sites.

WordPress é um software livre, ou seja, para o uso de todos sem necessidade de pagar licença ao desenvolvedor do sistema. Com o passar do tempo, se tornou uma excelente plataforma para criação de sites sendo a melhor escolha na categoria de gerenciamento de conteúdo.

Como surgiu e por que agrada?

Em 2003 Matt Mullenweg deu origem ao projeto que tinha o ideal de ser uma plataforma simples para uso em webblog (ou blog). De lá pra cá muita coisa aconteceu: o que servia para blogs, hoje domina o mundo dos sites. Com uma estrutura modular e características estendidas, o WordPress é o sistema de gerenciamento de conteúdo mais eficiente e segura. Além disso, apresenta uma interface intuitiva, fácil de operar e seus recursos são praticamente ilimitados, com uma comunidade cada vez maior desenvolvendo e criando para ele. Sim, o sistema recebe atualizações constantes e você tem esses updates gratuitamente e imediatamente quando são disponibilizados, o que deixa seu site sempre seguro, rápido e bem posicionado para mecanismos de busca como o Google.

O WordPress é simples de usar, funcionar bem, não produz mensagens de erros fatais e nem um monte de bugs; é por isso que tantas pessoas têm optado por ele para ser o seu CMS (sistema de gestão de conteúdo).

Características do WordPress

1. Interface simples e ambiente amigável – oferece uma interface de uso simples e amigável, em comparação a outros sistemas de gerenciamento de conteúdo. Após o login no WordPress, você verá o painel, onde  poderá mudar vários elementos do site sem ter que conhecer nada de linguagem PHP. É muito fácil de usar, bem intuitivo e rápido. Para adicionar um post ao seu blog, por exemplo, vai gastar poucos minutos;

2. Tem vários plugins e temas – disponibiliza uma biblioteca de templates (temas) e plugins cada vez maior. Na página de plugins do WordPress, temos exatos 47.550 plugins disponíveis (no dia em que  essa matéria foi criada), e na página de temas são em número de 4217. Esse número aumenta constantemente, oferecendo ao usuário uma infinidade de possibilidades;

São recursos práticos com os quais você pode estender as capacidades do WP, adicionando elementos específicos e funcionalidades. Eles alteram a aparência, melhoram performance, inserem novos elementos de navegação etc. Existe um para cada coisa que você imaginar na web. Para integrar fotos do Flickr ou Instagram com seu site, inserir vídeos em vários formatos, entre outras coisas;

Existem alguns plugins que são fundamentais e ovacionados pelos usuários na web. Alguns deles são o All in one SEO Pack, Google Sitemaps, Google Analytics for WordPress, Landing sites, WP Super Cache e vários outros da lista do Most Popular do WordPress;

3. É Open Source e totalmente gratuito – O seu código pode ser personalizado por qualquer pessoa sem ter que pagar nada a ninguém. Foi desenvolvido assim, nasceu e vive da colaboração de pessoas do mundo inteiro, sua base é desenvolvida sob a supervisão de alguns especialistas, dentre eles o criador Matt Mullenweg. A contribuição da comunidade dita completamente os rumos de cada nova versão, ao encontrar bugs, sugerir novas features e até mesmo nas melhorias da usabilidade da interface. O fato de ele ser de código aberto estimula programadores do mundo inteiro a encontrarem soluções para diversas funcionalidades, inclusive aquelas relacionadas à segurança.

Sendo assim, existe uma comunidade online grande, forte e ativa. Mesmo que você tenha dificuldades com o WordPress, não se preocupe, sempre será possível encontrar respostas às suas perguntas, fazendo uma pesquisa na Internet.

A plataforma tem uma licença de código-fonte livre, o que significa que ele tem quatro liberdades que são garantidas a quaisquer pessoas que queiram usá-lo:

  • O usuário tem liberdade de usá-lo para o que ele quiser;
  • O usuário tem liberdade de examinar o sistema por dentro (o código-fonte), estudá-lo e aprender com ele;
  • O usuário tem liberdade de modificar o sistema, adaptá-lo para o que ele quiser;
  • O usuário tem liberdade de dar cópias desse sistema modificado para quem ele quiser.

Mesmo se o usuário não tiver interesse sob este aspecto, a licença de uso garante atualização constante, livre de erros e de falhas de segurança.

Não se paga nada para usar o WordPress. Somente pagará se optar por um tema personalizado criado por outra empresa ou se quiser que uma pessoa ou empresa faça a personalização de um tema para você. Mas com tantos temas gratuitos à sua disposição, isso é uma escolha;

4.  É adaptável – O WordPress se transforma de acordo com cada site. Você pode usá-lo para gerenciar desde um pequeno blog até um grande portal, isso é decorrente do fato de ser um software livre. Logo, sua plataforma evolui de acordo com as necessidades e expectativas dos usuários;

5. Tem excelente performance e SEO – o código do WP foi escrito seguindo as boas práticas de desenvolvimento, incluindo acessibilidade, apresentação separada do código fonte (HTML + CSS), possui um dos melhores editores de HTML e mais um monte de detalhes que fazem a diferença. Esse é um dos principais motivos do seu sucesso. Então, faz com que textos publicados em WordPress tenha maior relevância do que aqueles publicados em outras plataformas como o Blogger ou o Movable Type;

6. É multiusuário – cadastre colaboradores para acessar a área administrativa do site com permissões diversas;

7. É mobile – o sistema pode ser acessado por tablets ou celulares através de apps exclusivas para mobile;

8. Integração com redes Sociais – O WordPress permite integração com as mais populares redes sociais, que ajuda na divulgação do site na Internet.

Tutoriais

Tutoriais de WordPress